BNDES assume atribuições de natureza técnica na desestatização da CELG D

Em portaria publicada nesta segunda-feira, o Ministério de Minas e Energia delegou ao BNDES atribuições de natureza técnica relacionadas à desestatização da CELG D. Esta medida é o reconhecimento da experiência do BNDES na condução de processos similares, acumulada ao longo de mais de vinte anos da existência do Programa Nacional de Desestatização. Com esta decisão o banco assume tarefas como a publicação do edital e presidência da comissão de licitação.

Esta medida não altera as diretrizes gerais do processo, como a definição do cronograma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s